Em formação

O grupo selvagem

O grupo selvagem


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Em 24 de junho de 1889, Butch Cassidy, Tom McCarty e Matt Warner, assaltaram o San Miguel Valley Bank. Nos anos seguintes, a gangue de Cassidy roubou bancos em Idaho. A gangue acabou escapando para o Robbers 'Roost, em Utah. Cassidy agora formou uma nova gangue que ficou conhecida como Wild Bunch. Isso inclui Harry Longbaugh (o Sundance Kid), Ben Kilpatrick, Harvey Logan, William Carver, George Curry, Laura Bullion, Elza Lay e Bob Meeks.

O nome Wild Bunch era enganoso, pois Cassidy sempre tentava evitar que sua gangue ferisse as pessoas durante os assaltos. Sua gangue também recebeu ordens de atirar nos cavalos, ao invés dos cavaleiros, quando perseguidos por posses. Cassidy sempre se gabou com orgulho de nunca ter matado um homem. O nome na verdade veio da forma turbulenta com que gastaram seu dinheiro após um roubo bem-sucedido.

Em 2 de junho de 1899, Cassidy, Curry, Logan e Lay tomaram parte no grande sucesso do assalto ao trem Union Pacific em Wilcox, Wyoming. Depois de roubar $ 30.000, a gangue fugiu para o Novo México. Em 29 de agosto de 1900, Cassidy, com o Sundance Kid, Logan e Carver, deteve o trem Union Pacific em Tipton, Wyoming. Isso foi seguido por uma invasão no First National Bank de Winnemucca, Nevada (19 de setembro de 1900), que rendeu $ 32.640. No ano seguinte, a gangue obteve US $ 65.000 no trem Great Northern perto de Wagner, Montana.

George Curry foi morto pelo xerife Jesse Tyler em 17 de abril de 1900. No ano seguinte, William Carver e Ben Kilpatrick foram emboscados pelo xerife Elijah Briant e seus representantes em Sonora, Texas. Carver morreu de seus ferimentos três horas depois. Kilpatrick escapou, mas foi capturado em St Louis com outro membro da gangue, Laura Bullion, em 8 de novembro de 1901. Kilpatrick foi considerado culpado de roubo e foi condenado a 15 anos de prisão. Outro membro da gangue, Harvey Logan, foi capturado em 15 de dezembro de 1901.

Butch Cassidy e o Sundance Kid começaram a pensar que ser um fora da lei na América estava se tornando muito perigoso e em 1902 decidiram começar uma nova vida na América do Sul.


The Wild Bunch: A verdade sobre esses foras-da-lei americanos

A verdade sobre The Wild Bunch pode ser meio confusa. O que, quando você pensa sobre isso, pode ser do jeito que eles querem. Sam Peckinpah's O grupo selvagem, ambientado em 1913, é um filme de 1969 sobre a morte de American Frontier, mas não tem nada a ver com história. Então, vamos avançar.

Butch Cassidy correu com um grupo às vezes conhecido como The Wild Bunch. Eles estavam mais ou menos centrados em Wyoming no final da década de 1890, embora fossem capazes de cometer crimes em Idaho e Nevada e quem sabe onde mais. A multidão de Cassidy não era realmente uma gangue, mais como uma confederação solta, e o nome foi meio que atribuído por repórteres de jornal que tentavam encontrar um identificador atraente para os crimes cometidos. Cassidy, junto com Sundance Kid (e aquele fantástico filme de 1969 dirigido por George Roy Hill) e seus compatriotas, se esconderia em uma área montanhosa do Wyoming chamada Hole-in-the-Wall - basicamente uma fortaleza na montanha, facilmente defensável contra as forças da lei , água e pasto para o gado que roubaram, um lugar seguro para enfrentar os rigorosos invernos ocidentais. Às vezes eles eram o grupo selvagem de Butch Cassidy, e às vezes eles eram a gangue do buraco na parede.


The Wild Bunch - História

Nascido para ser selvagem
Os primórdios dos Outlaw Doorslammers de hoje
Escrito por Bobby Bennett Fotos de Francis Butler e Brian Wood
Cortesia da competição Plus

Eles torceram o nariz para o estabelecimento e prepararam o terreno para a corrida de velas de hoje

A mera noção de ancorar motores sobrealimentados a álcool dentro dos limites de um batente de porta de corpo inteiro era uma prática descrita como volátil, mas isso não impediu um grupo dedicado de caçadores de emoção de perseguir a corrida. Seu nome autoproclamado, Wild Bunch, era uma descrição precisa da imagem que transmitiam. De que outra forma você poderia explicar um grupo que ousaria aparafusar um motor queimado de álcool em um Chevy Luv Truck, um Nissan 300 ZX ou, se isso não fosse radical o suficiente, um Jeep CJ-5?

"Tínhamos dois gols quando fomos para Atco. Queríamos fazer os primeiros seis segundos e também irritar os caras do nitro. Eu diria que tivemos sucesso em ambos os casos". Camp Stanley, ex-membro do Wild Bunch e chefe da equipe de Tommy Howes

O que começou como um grupo de caras escolhendo ser diferente nas corridas de chave, rapidamente evoluiu para um lucrativo circuito de match race e a inspiração para a classe Top Doorslammer na Austrália. Seu melhor momento resultou na primeira passagem de seis segundos do tipo doorlammer na história das corridas de arrancada.

Sua natureza imprevisível os tornou um sucesso imediato para os fãs da região do Meio-Atlântico dos Estados Unidos, bem como do resto do país. Não só isso, suas travessuras também trouxeram muita publicidade nas várias revistas de corridas de arrancada.

Aqueles dias são agora uma memória distante para muitos, mas para Dave Wallace as lembranças são muito vívidas.

"Eles me lembraram dos velhos tempos dos Funny Cars e Gas Supercharged", explicou Wallace, ex-editor da Drag Racing Magazine de Petersen. "Sempre gostei de batentes de porta soprados e eles proporcionaram uma evolução interessante. Os primeiros carros, como o" Wild Bunch ", eram carros reais com distâncias entre eixos normais e coisas do gênero. Eram toscos, opressores e imprevisíveis.

Não havia nenhum como o caminhão Chevy Luv destruído de Camp Stanley. "Qualquer um que entrasse no show tinha a chance de ganhar porque os carros eram tão imprevisíveis. À medida que mais carros entravam, o incentivo para ser o primeiro a correr nos seis levou para carros de corrida mais avançados. O Wild Bunch era o mais próximo na Costa Leste dos carros Bob Bunker e Dave Riolo que tínhamos na Costa Oeste. Realmente não havia uma classe para este tipo de carro. Um circuito como o Wild Bunch surge da demanda popular dos fãs. É realmente algo a se observar. Não havia um pacote de televisão real, então a única exposição real que esses caras tiveram foi nas revistas. Como caras das revistas, estávamos sempre procurando para os ângulos como eles forneceram.

"Era como se cada faixa tivesse um conjunto de heróis rápidos", continuou Wallace. "Esses caras organizaram seus heróis rápidos. Não havia lugar para eles correrem. Eles eram corredores de chave. Isso é legal. O Pro Modified veio das corridas de chave, assim como o Wild Bunch. É diretamente de onde veio. Esses eram rápidos carros de suporte que ficaram tão rápidos que começaram a competir. "

Que ironia mencionar o termo match racing, considerando uma confusão de agendamento que levou à criação do grupo. Vamos voltar no tempo até o final dos anos 70 no Maryland International Raceway.

Durante essa época, a pista estava sob a orientação de Tod Mack, um indivíduo que já foi conhecido por ser o primeiro promotor de corridas de automóveis americano a oferecer apostas mútuas em pista no Maryland International Raceway em meados dos anos 70.

Mack conseguiu se envolver em um show de sábado à noite depois de reservar e anunciar um show de carros a jato, apenas para ter uma das equipes cancelar na 11ª hora. Sabendo que precisava de uma substituição razoável, Mack deu um passeio pelas pistas de teste do Super Pro na esperança de encontrar um substituto adequado para competir com o lendário carro engraçado Monza Jet de Roger Gustin. Nesse ponto do jogo, o objetivo de Mack era encontrar alguém para salvar o show. Ele tinha vários milhares de fãs na área de D.C. que ele teve que contabilizar naquela noite.

O único carro que chamou sua atenção pertencia a um ex-piloto da classe NHRA e recordista chamado Tommy "The Who" Howes. Howes pilotou um modelo antigo do Camaro com um supercharger 6-71 GMC projetando-se através do capô.

Sempre o empresário, estava pronto para saber se o preço estava certo. Como nem Howes nem Mack tinham a menor ideia do que era um preço justo, foi feita a pergunta sobre quanto dinheiro o Super Pro estava pagando. Mack respondeu $ 300, então Howes concordou em correr contra o jato por aquele preço.

A aposta de Mack provou ser mais do que ele esperava. O handicap de dois segundos de Howes estava longe de ser uma vantagem o suficiente para afastar a criação de megavalos de Gustin, mas a improvisação fez um show e a multidão adorou.

Não muito depois disso, Mack estava agendando Howes para disputar corridas no MIR e em sua outra pista em Colonial Beach contra várias outras competições supercharged. À medida que se espalhava a notícia sobre esse grupo, agora intitulado "The Wild Bunch", eles aumentaram em tamanho e variedade de reservas. Em 1984, eles tinham quase 24 datas que iam do Canadá à Geórgia. Howes, junto com Camp Stanley, membro do Bunch do segundo ano, tinha desenvolvido a reputação de ter uma das piores batidas de porta do país.

O Camaro de Denny Brightwell também foi um jogador no grupo. "Eu não estava no primeiro grupo original", explicou Stanley. “Estávamos no meio de uma recessão do tipo Jimmy Carter, quase uma depressão. Tommy Howes, Nelson Grimes e eu estávamos em um grande quarteirão, batendo com álcool.

Eu não poderia correr na escala que queria, então transformei meu carro de corrida em um veículo de rua. Em 1980 e 1981, eu estava com aquele carro na rua.

"O resultado final de todo o negócio, roubar uma linha dos australianos, foi colocar bundas nas cadeiras", continuou Stanley. "O Jeep de Elmer (Wachter) e meu Luv Truck foram exemplos do que pensamos ser necessário para chamar a atenção e atrair patrocinadores. Qualquer um poderia ter um Camaro." Alguém poderia se perguntar o que era mais volátil, os carros ou os motoristas. Wallace observou que o Wild Bunch trouxe o melhor em um motorista.

"Acho que eles eram muito talentosos", explicou Wallace. “Os carros, por sua própria natureza, eram bastante voláteis. Todos começaram como carros reais. À medida que evoluíam para carros com estrutura de tubo, eles eram muito rústicos.

Para a distância entre eixos, que era padrão, e por mais alto que eles sentassem, eles rodavam e batiam e eram muito emocionantes. Os motoristas eram capazes. Não havia carros assim por aí com tanta potência e portas. "

O Wild Bunch ofereceu aos promotores das pistas uma pechincha durante uma era em que os carros superstar movidos a combustível custavam quase US $ 10.000 e isso rendeu talvez duas corridas.

Para as faixas de pequeno a médio, o "Wild Bunch" ofereceu a pechincha do século por quase $ 4000 (dependendo da localização) para todo o grupo. Este grupo era tudo, menos o cortador de biscoitos.

Howes há muito havia trocado seu Camaro por um Datsun Z-car. Outros se juntaram ao grupo, incluindo o ex-campeão do IHRA Funny Car, Scott Weney, ao volante de um roadster AA / Altered. Na verdade, quando foi feito o comentário de que não havia um único Ford no Wild Bunch, Stanley resolveu o assunto com as próprias mãos. Sua criação se encaixou perfeitamente na persona, uma carroça de Touro estourada.

"The Wagon na verdade remonta a Jim McGraw quando ele estava com a Super Stock e a Drag Illustrated", disse Stanley. "Ele perguntou por que não havia Fords no Wild Bunch. Essa conversa aconteceu no RCD Performance de Bob Rizzolo, aquele que construiu meus carros, assim como os carros de Tommy Howes. Alguém teve a ideia de uma perua Taurus. McGraw entrou em contato com a Ford Motorsports e eles me venderam a carroceria em branco.

O membro original do Wild Bunch foi Tommy Howes, que eventualmente dirigiu este 300 ZX para a primeira corrida de seis segundos na história do doorlammer. "Em seguida, foi sugerido que se fosse um Ford, então deveria ter potência Ford. Billy Meyer estava experimentando com uma espingarda Ford e houve um momento em que Dale Armstrong foi seu chefe de equipe. Eles sentiram que havia algum potencial em uma espingarda Ford explodida com nitro. Eles marginalizaram o projeto e alguém me disse que ele o tinha para venda. Liguei para ele e fechei um acordo e, em seguida, levei meu duallie para Indy e carreguei tudo. "

Pouco depois disso, o apelo do Wild Bunch se tornou internacional, e que lugar melhor para ele pousar do que a Austrália? Um visitante da terra australiana testemunhou a corrida do grupo e sabia que o potencial estava lá para o grupo em sua terra natal.

"Dennis Syrmis, um dos proprietários e operadores da Willowbank Raceway em Brisbane levou a ideia lá", disse Stanley. "Ele estava em Dragway 75-80 em Maryland quando Tommy e eu estávamos competindo com esses carros. Ele amou a ideia. A ideia do Wild Bunch foi formulada um pouco e eles traçaram um plano para batidas de porta estouradas, exceto que elaboraram o seu com um dial- in. Houve um momento em que Peter Kapiris, uma lenda do Aussie Top Doorslammer, correu como parte deste show. "

Wallace lembra que o conceito decolou na Austrália, e a visita de Howes e Stanley em 1989 apenas alimentou o fogo.

"A Austrália tinha apenas um estrondo de porta realmente rápido na época e era um Thunderbird chamado Warlord, carro com direção à direita", lembrou Wallace. "Todos eles correram com chaves, então quando Stanley e Howes foram lá em 1989, o Warlord de Ray Ward era o único que podia competir com eles. Foi uma espécie de confronto. O interesse levou à criação da classe Top Doorslammer." O Wild Bunch fez para a classe Top Doorslammer o que os Funny Cars e Dragsters de turismo usaram para fazer as aulas de combustível australiano. Essa experiência criou uma avenida para avanços e novas tecnologias.

"Eles costumavam trazer carros engraçados para lá e isso acelerou o desenvolvimento desses carros lá", disse Wallace. "A mesma coisa aconteceu depois que o Wild Bunch foi para lá. Tommy Howes e Camp Stanley realmente influenciaram a cena internacional. Você poderia dizer ativamente que também influenciou o Pro Modified."


The Wild Bunch - História

Mais de 100 anos atrás, em uma pequena cidade tranquila no Território de Oklahoma, membros da infame gangue Doolin-Dalton se enfrentaram contra um pelotão de deputados em um dos confrontos mais mortais da história dos marechais dos EUA.

Ao final do tiroteio, nove homens jaziam mortos ou feridos, e o povo de Ingalls tinha uma imagem nítida da ilegalidade ocidental e dos duros meios necessários para restaurar a justiça.

Quatro membros da famosa Dalton Gang (da esquerda para a direita) - Bill Power, Bob Dalton, Grat Dalton e Dick Broadwell - morreram após um tiroteio em Coffeyville, Kansas, em 5 de outubro de 1892. Quando a gangue tentou roubar duas margens da cidade ao mesmo tempo, bravos cidadãos pegaram em armas contra os intrusos. Depois que a fumaça se dissipou, oito pessoas morreram e três ficaram feridas.

Bill Doolin nasceu em 1858 no condado de Johnson, Arkansas. Aos 23 anos, ele vagou para o oeste, trabalhando em empregos temporários até se estabelecer como um dos melhores rancheiros ao longo do rio Cimarron no Território de Oklahoma.

Enquanto trabalhava como cowboy. ele conheceu a maioria dos homens que mais tarde formariam sua própria gangue, um grupo de bandidos coloridos conhecido como Wild Bunch.

Uma história conta que a gangue começou a correr em 1891, quando comemorou o feriado de 4 de julho em Coffeyville, Kansas, batendo um barril de cerveja.

O problema era que o Kansas era um estado árido. Quando os homens da lei entraram em cena para confiscar o álcool, foram recebidos com balas. Daquele dia em diante, Doolin e seus companheiros estavam fugindo, e o furto fornecia seus meios de sustento.

Em setembro de 1891, o Wild Bunch se uniu à Dalton Brothers Gang para roubar vários bancos em toda a região. Um ano depois, porém, Doolin assumiu o controle depois que a maioria dos Daltons foi morta em um ataque a dois bancos em Coffeyville.

Seguiu-se uma série de assaltos para a recém-consolidada Gangue Doolin-Dalton, cujos membros eram muito bons em alusões à captura. Mas no outono de 1893, os delegados marechais se concentraram quando descobriram que os saqueadores estavam usando a cidade de Ingalls como um esconderijo entre os ataques.

O palco estava montado para uma batalha fatídica.

Na tarde de 1º de setembro de 1893, a gangue encontrou dentro do salão de George Ransom. Presentes junto com Doolin e Bill Dalton estavam Dan & quotDynamite Dick & quot Clifton, George & quotRed Buck & quot Weightman, George & quotBitter Creek & quot Newcomb, & quotArkansas Tom & quot Jones [Roy Daugherty] e Bill & quotTulsa Jack & quot Blake.

Os homens da lei que se preparavam para as prisões eram chefiados pelo vice-marechal John Hixon, que trouxe quatro outros deputados com ele - Lafe Shadley, Tom Hueston, Dick Speed ​​e Jim Masterson. Outros oito homens juntaram-se às fileiras como membros do pelotão.

No confronto horrível daquela tarde, Hueston foi atacado enquanto mergulhava para se proteger. Doolin atirou em Speed ​​enquanto o deputado tentava em vão se juntar a Shadley, que estava escondido atrás do corpo de um cavalo.

Então, quando Shadley viu um dos bandidos cair ferido, ele avançou. Mas Dalton atirou nele no meio do caminho. Mais tarde, Masterson jogou dinamite no esconderijo dos bandidos e capturou Jones, mas os outros fugiram para o sudeste da cidade.

Os bandidos em fuga pararam no topo de uma colina próxima o tempo suficiente para disparar alguns tiros finais nos homens da lei, e uma dessas balas matou Frank Briggs, um espectador inocente.

Ao todo, os homens dos dois lados da lei encontraram seu destino naquela tarde. O deputado Speed ​​foi morto durante o combate real. Os deputados Hueston e Shadley morreram devido aos ferimentos no dia seguinte.

Falava-se de Arkansas Tom Jones sendo linchado, mas em vez disso ele foi enviado para a prisão federal em Guthrie, Território de Oklahoma, a cerca de 35 milhas de distância.

Nas próprias palavras do marechal

E.D. Nix era o marechal do Território de Oklahoma na época. Em seu livro, & quotOklahombres & quot, publicado em 1929, ele especificou essa luta como uma das mais críticas de toda sua carreira. É claro que também foi uma das mais devastadoras, com três deputados perdendo a vida. (Nix, mostrado à direita, foi nomeado Marechal dos EUA sobre o território de Oklahoma pelo presidente Grover Cleveland. Ele supervisionou o trabalho de mais de 150 deputados, incluindo os famosos Três Guardas.)

Quase dois anos após o confronto com Ingalls, o marechal reuniu os detalhes da luta em uma carta que escreveu ao procurador-geral Judson Harmon. A carta surgiu como uma resposta a um homem chamado Murray, que estava cuidando da barra da luta.

Murray foi preso naquele dia por abrigar os criminosos. Tendo sido baleado por subchefes durante a batalha, ele agora reclamava de danos e buscava reparação.

A carta de Nix a Harmon, datada de 30 de julho de 1895, está guardada nos Arquivos Nacionais. segue a transcrição, contendo toda a grafia e pontuação originais.

Um certo George Ransom era dono de um saloon na cidade de Ingalls e este homem Murray trabalhava para ele como barman. Os foragidos Bill Doolan, & quotBitter Creek, & quot & quotTulsa faltam, & quot & quotDynamite Dick, & quot & quotRed Buck & quot Tom] uns e muitos outros fizeram deste bar sua sede, e Ransom, Murray e outros cidadãos que cuidavam de seu comércio trouxeram-lhes notícias do Os movimentos dos deputados marechais, forneciam-lhes munição, cuidavam de seus cavalos, permitiam que comessem à mesa e dormissem em suas camas. Esses fatos eram bem conhecidos da comunidade, embora uma condenação sob a acusação de abrigar ou ajudar e incitar criminosos contra as leis dos Estados Unidos nunca pudesse ser sustentada, em razão do fato de que toda a comunidade estava sob coação e não testemunharia por medo de perder suas vidas e propriedades.

No dia 1º de setembro de 1893, um grupo de deputados marechais que havia sido enviado por mim após esses bandidos, chegou nas proximidades de Ingalls, e os bandidos aqui mencionados estavam na época na cidade e no salão de Rensom, onde este homem Murray trabalhou. Como de costume, os bandidos foram informados da proximidade dos deputados e mandaram um mensageiro aos deputados convidando-os a virem à cidade se pensassem que eles, os deputados, poderiam levá-los. Os deputados aceitaram o convite e depois de postar suas forças, enviaram um mensageiro aos bandidos com um pedido de rendição e foram respondidos com tiros de Winchester. & quotBitter Creek & quot saiu correndo do salão em questão e disparou um tiro para o norte onde alguns dos deputados estavam estacionados, e virando-se, recebeu o fogo dos deputados que estouraram o carregador de seu winchester e o feriram na coxa. Nesse ínterim, um fogo pesado foi direcionado aos deputados pela balança dos bandidos do edifício do salão e o fogo foi devolvido pelos deputados que literalmente crivaram o salão. Um cavalo foi morto pelos deputados que foi amarrado em frente ao salão. O fogo dos deputados tornando-se muito quente para os bandidos, eles escaparam por uma porta lateral e se refugiaram em um grande estábulo mencionado. Este homem Murray apareceu na porta da frente do salão um pouco antes de os bandidos deixarem o prédio ou logo depois, sabe-se qual. No entanto, quando ele apareceu pela primeira vez na porta, ele estava com a porta aberta a uma curta distância e tinha seu winchester sobre o ombro no ato de atirar. Isso foi antes de os deputados tomarem conhecimento do fato de os bandidos terem abandonado o prédio. Três dos deputados, vendo-o na posição em que estava, atiraram nele simultaneamente. Dois tiros o atingiram nas costelas e um quebrou o braço em dois lugares.

Oito ou dez cavalos foram mortos e nove pessoas mortas e feridas. Um deputado foi morto imediatamente no primeiro incêndio e outros dois morreram no dia seguinte. Três bandidos foram feridos e um capturado. O capturado foi posteriormente condenado a cinquenta anos na penitenciária e agora cumpre pena.

Muito respeitosamente, E.D. Nix U.S. Marshal

Evitt Dumas Nix
Marechal dos Estados Unidos 1893-1896


As cenas de ação foram minuciosamente filmadas

Para capturar as sequências de ação agitadas e com vários ângulos, como a abertura do filme e sua batalha climática, Peckinpah usou a técnica de ponta de filmar com várias câmeras para capturar o máximo possível da cena, a fim de evitar a reinicialização. De acordo com o supervisor de guarda-roupa Gordon Dawson, embora a configuração de várias câmeras tenha ajudado a reduzir a quantidade de tomadas que Peckinpah usou, ainda demorou semanas para filmar essas cenas massivas. Ele explicou:

[Eram] cinco ou seis câmeras lado a lado, filmando toda a cena master, com várias lentes, mas filmando a coisa toda. E movendo toda a configuração por um metro e meio. E então filmar tudo de novo. E então movendo-o um metro e meio e atirando tudo de novo ...

Todas as batidas de sangue na parede tinham que ser limpas todas as vezes. Todas aquelas pessoas que apenas correram e levaram um tiro, agora vamos atirar de novo, e eles vão levar outro tiro. Eles têm que voltar, com roupas limpas. Eu não sei. Foram uns cinco ou seis dias assim. E então eles dizem: ‘OK, rapazes, mudem, vamos voltar para o outro lado’.


Apenas história.

Uma das gangues de roubo de trens de maior sucesso durante a era do Velho Oeste foi Butch Cassidy & # 8217s Wild Bunch Gang. Eles eram apenas uma das poucas gangues vagamente organizadas que operavam no Wyoming. Butch Cassidy (Robert Leroy Parker) era o líder e outros membros incluíam Cassidy e o amigo mais próximo de # 8217s Elzy Lay, o Sundance Kid (Harry Alonzo Longabaugh), Tall Texan (Ben Kilpatrick), News Carver (William Carver), Camila e # 8220Deaf Charlie & # 8221 Hanks, Laura Bullion, Flat-Nose Curry (George Sutherland Curry), Kid Curry (Harvey Alexander Logan) e Bob Meeks.

Eles afirmavam fazer todos os esforços para evitar matar alguém, e Cassidy se gabava de nunca ter matado um homem. Infelizmente, isso provou ser falso porque Kid Curry sozinho matou 9 homens da lei enquanto estava com a gangue, e outros dois civis durante tiroteios, tornando-se o membro mais temido da gangue. Elzy Lay matou outros dois homens da lei na sequência de um roubo, pelo qual foi ferido, detido e condenado à prisão perpétua. & # 8220Flat-Nose & # 8221 George Curry matou pelo menos dois homens da lei, antes de ser morto pelos homens da lei de Grand County, Utah.

A gangue também estava intimamente associada às foras-da-lei Ann Bassett e Josie Bassett, cujo rancho perto de Browns Park fornecia à gangue cavalos frescos e carne bovina. Ambas as garotas Bassett se envolveram romanticamente com vários membros da gangue, e ambas ocasionalmente acompanhavam a gangue a um de seus esconderijos, chamado & # 8220Robbers Roost & # 8221.

2 de junho de 1899, Cassidy, Sundance Kid, Harvey Logan e Lay roubaram um trem da Union Pacific perto de Wilcox, Wyoming. Eles usavam máscaras feitas de guardanapos brancos e, durante o assalto, roubaram entre $ 30.000 e $ 60.000. A gangue se separou e vários fugiram para o Novo México. Em 11 de julho de 1899, membros de gangue roubaram um trem perto de Folsom, Novo México (sem a presença de Cassidy & # 8217s). A perseguição por um destacamento liderado pelo xerife Ed Farr terminou em dois tiroteios, durante os quais o xerife Farr e dois deputados foram mortos. Elzy Lay foi ferido e capturado durante este tiroteio.

Cassidy e os outros membros se reagruparam em Wyoming. Em 29 de agosto de 1900, Cassidy, o Sundance Kid, Kid Curry e outro membro de gangue não identificado que se acredita ter sido Will Carver, assaltaram outro trem da Union Pacific em Tipton, Wyoming. Menos de um mês depois, em 19 de setembro de 1900, eles invadiram o First National Bank de Winnemucca, Nevada, roubando $ 32.640.

No início de 1901, Cassidy, o Sundance Kid e a namorada de Cassidy & # 8217s, Etta Place, mudaram-se para a Patagônia, Argentina, onde passaram um tempo em La Leona, localizado fora de uma província de Santa Cruz, para escapar da perseguição dos detetives Pinkerton e outros homens da lei. Naquele mesmo ano, em 1º de abril, Will Carver foi ferido por homens da lei e morreu em maio. Ben Kilpatrick e Laura Bullion foram capturados no Tennessee em dezembro de 1901. Ele recebeu uma sentença de prisão de 20 anos e ela foi condenada a cinco anos. Kid Curry matou dois homens da lei em Knoxville, Tennessee, ele escapou da captura e viajou para Montana, onde matou o fazendeiro que havia matado seu irmão Johnny anos antes. Ele foi capturado em seu retorno ao Tennessee, mas escapou novamente. Kid Curry se matou no Colorado em 1904 durante um tiroteio com homens da lei, pois ele havia dito que nenhum homem da lei jamais o pegaria vivo. Em 1908, Cassidy e Sundance foram mortos em um tiroteio com a cavalaria boliviana. Etta Place desapareceu sem deixar vestígios.

Elzy Lay foi libertado da prisão em 1906 e, após uma breve visita ao rancho Bassett em Utah, mudou-se para a Califórnia, onde se tornou um empresário respeitado e morreu lá em 1934. Ben Kilpatrick foi libertado da prisão em 1911 e foi morto durante um assalto a trem no Texas em 1912. Laura Bullion foi libertada da prisão em 1905 e viveu o resto de sua vida como costureira, morrendo em Memphis, Tennessee em 1961, a última do Wild Bunch. Sua notoriedade levou a muitos filmes e livros sobre suas aventuras, o que levou à sua popularidade. Sua lenda ainda vive hoje.


6. Os detalhes de sua morte permanecem um mistério.

Um marco perto de San Vicente, Bolívia, que afirma ser o local de descanso final de Butch Cassidy e Sundance Kid. & # XA0

Tyler Bridges / Miami Herald / Tribune News Service / Getty Images

Alguns relatos afirmam que em 4 de novembro de 1908, perto da cidade de Tupiza, no sul da Bolívia, dois homens que se pensavam ser Cassidy e o Sundance Kid roubaram uma folha de pagamento quando ela estava sendo transportada para a mina Aramayo. Três dias depois, os supostos bandidos chegaram a San Vicente, Bolívia, mas depois que os moradores começaram a suspeitar que os estranhos estavam ligados ao roubo, soldados bolivianos foram chamados e um tiroteio começou. Durante o tiroteio, os bolivianos teriam atirado nos suspeitos ou um dos bandidos matou seu parceiro e apontou a arma para si mesmo. Posteriormente, os corpos foram enterrados em túmulos não identificados em um cemitério de San Vicente. & # XA0


Butch Cassidy e o Wild Bunch

George Leroy Parker nasceu em 1867, filho de Maximilian e Ann Parker, o mais velho de sete filhos. A família morava em Circleville, Utah. Seu pai comprou um rancho lá e manteve parte da equipe original. Mike Cassidy era um dos cowboys que trabalhava lá. Cassidy e alguns de seus amigos estavam envolvidos em roubo. Ele ensinou ao jovem George tudo o que sabia sobre montar, atirar, amarrar e marcar o gado, todos os truques do roubo. Ao longo dos anos, Cassidy acumulou um grande rebanho para si mesmo. Ele contratou Parker para ajudá-lo a transferi-los para as montanhas Henry, no sudeste de Utah. Naquela época, Parker era conhecido por ser leal aos amigos e por manter sua palavra. Ele era querido por todos. Essas características o acompanharam ao longo de sua carreira de fora-da-lei.

Pouco tempo depois, Cassidy teve problemas com a lei e fugiu para o México. Foi quando Parker adotou o nome Cassidy, em memória de seu mentor. Butch foi um apelido dado a ele mais tarde. Pouco depois, ele também teve problemas. Ele foi pego roubando alguns cavalos. Ao ser capturado por dois deputados, ele os dominou e escapou. Depois disso, ele decidiu que era melhor deixar a área.

Cassidy e dois amigos foram para Telluride, Colorado, onde um boom da mineração estava acontecendo. Eles conseguiram um emprego em uma das minas. Enquanto estava lá, Cassidy conheceu Matt Warner, que estava correndo alguns cavalos em uma corrida de cavalos local. Ele também estava fugindo de atividades criminosas anteriores. Ele era parente por casamento com a infame gangue McCarty, que aterrorizava os bancos do Oregon. Os McCartys já haviam mantido uma próspera fazenda de gado nas montanhas La Sal, em Utah. Eles venderam tudo e se tornaram ladrões. Tom McCarty também estava se escondendo da lei quando Cassidy apareceu.

Cassidy, Warner e McCarty conspiraram para assaltar o banco Telluride. Em 24 de junho de 1889, eles entraram no banco e aliviaram $ 10.500. Os bandidos e outro homem chamado Bert Maddern, que segurava seus cavalos, fugiram facilmente antes que alguém percebesse. Eles se esconderam no Buraco de Brown por um tempo.

Brown’s Hole, estava localizado na junção dos limites de Utah, Colorado e Wyoming. A área foi nomeada em homenagem a Baptiste Brown, um antigo caçador de peles que morou lá. Os caçadores usaram a área porque as montanhas circundantes a protegiam dos invernos do pântano. Além disso, havia caça abundante que buscava o vale mais quente no inverno. Quando a ferrovia começou a ser construída, passou a servir como um local para pastorear o gado para as equipes da ferrovia. Isso naturalmente trouxe os ladrões e foi um esconderijo de fora-da-lei nato.

Após sua estadia, McCarty e Warner foram para Star Valley, Wyoming, enquanto Cassidy foi para Lander, Wyoming. No verão seguinte, Warner e McCarty foram para Oregon, onde a família McCarty possuía um rancho. Os McCartys começaram a aterrorizar o noroeste com assaltos a bancos. Eles se esconderam em um rancho a leste de Spokane, Washington. Depois de quase serem condenados por um roubo em Roslyn Washington, eles voltaram a se esconder no Robber’s Roost. Mais tarde, os McCarty assaltaram o banco em Delta, Colorado. Bill e Fred McCarty foram baleados durante o evento e Tom foi embora. Depois disso, os McCartys nunca mais foram associados a Butch Cassidy ou ao Wild Bunch.

Nesse ínterim, Cassidy estava trabalhando como cowboy em várias fazendas de Wyoming. Eventualmente, ele juntou o suficiente para comprar seu próprio rancho perto de Lander. A certa altura, ele foi acusado de roubar um bêbado. Mais tarde, ele foi libertado por falta de provas. O incidente deixou Cassidy muito amargo contra a cidade de Rock Springs, condado de Sweetwater, estado de Wyoming, por acreditar que ele poderia descer tão baixo. Ele nunca prejudicou ou roubou de indivíduos, apenas de bancos e outras grandes empresas. Ele jurou vingança pelo insulto ao seu nome.

Em 1893, Cassidy encontrou um novo parceiro chamado Al Haines. Eles se esconderam em Star Valley, Wyoming. They were captured by the law when they were found to have stolen horses in their possession. Cassidy was found guilty and was sentenced to two years in the Wyoming State Penitentiary. It would be the only time he served behind bars. He entered the prison on July 15, 1894, when he was 27 years old. He received an early release pardon by the Wyoming governor on January 19, 1896. He had to promise the governor he would never commit crimes in Wyoming in order to receive the pardon.

He returned to Brown’s Hole directly after being released. But he had decided that rustling wasn’t big enough. He started picking some men to be part of his gang. He chose Ellsworth “Elza” Lay as his right hand man. He also chose Bob Meeks, a friend of Lay’s, and three or four others. He established a hideout on the face of Diamond Mountain that was protected on three sides by a cliff so it was easily defensible.

Soon after, Matt Warner got into a bit of a scrape when he agreed to “scare off” some men from a prospecting area. When two of the men ended up dead, Warner found himself locked up in the Vernal, Utah jail. Cassidy promised he’d get a lawyer for him, but he had no cash. He had promised not to commit crimes in Wyoming, so he picked the bank in Montpelier, Idaho as his target. On August 13, 1896, Cassidy, Lay, and Meeks held up in the bank. They got $7,165 in cash and gold and silver. They got away easily and hired Warner’s attorney. Unfortunately for him, Warner was convicted and served the next 3 ½ years at the Utah State Penitentiary. After his release, he stayed a law-abiding citizen.

Cassidy returned to Hole in the Wall, where he planned his next job. Cassidy and Elza Lay and Bob Meeks would rob the mining payroll at Castle Gate, Utah. The payroll arrived via train from Salt Lake City. Cassidy patiently watched the trains every day to watch the railroad employees’ routine. On the appointed day, April 21, 1987, he made his move. The outlaws jumped the officials just as they were carrying the money into their office. The outlaws got away with $8,800 in gold and silver. They hid at Robber’s Roost until the excitement died down. They got bored, though, and rode north to Wyoming. They shot up the small towns of Dixon and Baggs.

Their next big job was on June 2, 1899. The picked a train near Wilcox, Wyoming. They blew up a bridge as the train was crossing. They blew out the door of the express car and then blew the door off the safe. They got about $30,000 in unsigned bank notes. Flat Nose George Curry, Harvey Logan (Kid Curry), and Elza Lay, and three others pulled the job. Because of Cassidy’s promise to the Wyoming governor, it is thought that he didn’t directly participate in this robbery, but did direct how it should be carried out. Several posses chased the robbers but their efforts were futile. The gang split up the money and hid out at Robber’s Roost.

After resting, Cassidy, Lay, and Kid Curry fled to New Mexico. Cassidy hired on as a ranch hand at the WS Ranch. One by one, several other members of the Wild Bunch also hid out by hiring on as hands. The owner may or may not have known who they were, but he did know that rustling came to a halt while they were there. On July 11, 1899, a train was robbed near Folsom, New Mexico. The robbery was executed in the same manner as the robbery at Wilcox. It was pulled off by Lay, Kid Curry, and Sam Ketchum. The law got the last laugh on this one–the express car had no money. A posse chased them down and Ketchum and Lay were both injured. Ketchum later died from his wound. Lay was later given up by the man at whose ranch he was recuperating. He was tried for murder of Sheriff Farr, who was killed in the shootout after the holdup. He was sentenced to life in the New Mexico penitentiary. Cassidy was probably not part of this holdup either, but he came under scrutiny because he was known to be their leader. He decided to leave the WS ranch before the law could take him in.

Cassidy was starting to get nervous. Several of his friends had been sent to prison or killed. He figured it was only a matter of time before it was his turn. He tried to make a deal with the Union Pacific–they would excuse his past crimes and he would hire on as their express rider, guaranteed to keep the outlaws away. When the Union Pacific men didn’t keep the appointment, due to unexpected bad weather, Cassidy thought he’d been double-crossed. In anger, he targeted a Union Pacific trail for another job.

On August 29, 1900, he and three others held up a train near Tipton, Wyoming. They did it with their usual method and blew up the express car. Unfortunately, there was only $50.40 to be stolen. Cassidy had intended this robbery to help finance his departure for South America, where he hoped to evade the law forever. He would need to try again.

He chose the bank at Winnemucca, Nevada. It was September 19, 1900. This time he was accompanied by Harry Longabaugh (Sundance Kid) and Bill Carver. They completed the robber in five minutes and got $32,640. A posse formed almost immediately, but it never quite caught up to the outlaws. The three men rode to Fort Worth, Texas to hide at “Hell’s Half Acre.” They split up the money and went out on the town. They were joined by Kid Curry and Ben Kilpatrick. While in Texas, the five men posed for a picture in a studio that has been often reprinted. An alert Pinkerton detective used it to try to track the men down.

They had one last trick up their sleeves. Cassidy, Sundance, Kid Curry, and Camilla Hanks, headed to Montana. Kid Curry and Sundance got on the train at Malta. Some distance down the track near Wagner, they ordered the engineer to stop. As usual, Cassidy blew up the safe. This time they got $65,000 in paper money. They split up afterwards and rode away. Kilpatrick was eventually caught and sentenced to 15 years in Atlanta. Hanks was later killed while resisting arrest in San Antonio on April 16, 1902. Kid Curry was caught but he escaped from a Knoxville jail. He later shot himself after being wounded in a shootout following a train robbery at Parachute, Colorado, on July 7, 1903.

Cassidy and Sundance met up in New York City on February 1, 1902. Sundance brought along Etta Place. On February 20, they left for South America on the U.S.S. Soldier Prince. They lived there peaceably on a ranch until 1906. For some reason they returned to their old ways, perhaps after hearing rumors that the law was on their tail. In March 1906, they robbed the bank at Mercedes and got $20,000. The banker was shot in the process. A few months later they held up the bank at Bahia Blanca and got another $20,000. They also held up a pay train in Eucalyptus, Bolivia.

On December 7, 1907, they held up a bank in Rio Gallegos, Argentina. They got away with $10,000. Their last job was holding up the pack train with the mine payroll at the Aramayo mines near Quechisla, Bolivia. Afterward, they stopped at San Vicente to stay for the night and get something to eat. A constable recognized that one of their mules belonged to a friend of his. He challenged them, and a shootout commenced. Sundance was mortally wounded first. In his attempt to drag him away, Cassidy was wounded. Ultimately, he saved the last two shots to shoot his friend and then himself. No one knows what happened to Etta Place.


Butch Cassidy

These days, Butch Cassidy might have trouble recognizing his hometown of Circleville. While the Butch Cassidy Hotel and Restaurant still serves up rooms and a meal, and the Butch Cassidy Museum and Antique Store offers up a rather predictable palette, the town these days is perhaps better known as the main staging point for the Paiute Trail, the serpentine all-terrain vehicle trail that winds up and down the mountains surrounding this small town. Indeed, there are more all-terrain vehicles on Main Street during the summer than there are horses. Butch would be perplexed.

Sorting Facts from Fiction

Maybe. In 1969, when 20th Century Fox released its box office smash 'Butch Cassidy and the Sundance Kid,' reporters came to Cassidy's childhood home, looking for his family. They found Mrs. Lula Parker Betenson, 86, Butch's youngest sister. Among other things, she told reporters that Cassidy had not died in South America in 1909, as was widely believed, but had come back to visit some 16 years later, in 1925. Lula said that Butch instead died in Spokane, Wash., in 1937, and spent his last years as a trapper and prospector. Could it be true?

Recently, diligent scholars like Larry Pointer, who wrote In Search of Butch Cassidy, have dug up evidence showing that in all likelihood Butch Cassidy did fake his death in San Vicente, Bolivia. They suggest that after making it big in Bolivian train, payroll and bank robberies, Cassidy sailed to Europe, got a facelift, moved back to America, married, then became an entrepreneur in Washington. Some of the evidence is convincing, especially a detailed manuscript about Cassidy which actually appears to have been authored by Cassidy.

The Early Years

Born Robert LeRoy Parker in Beaver, Utah on April 13, 1866, Cassidy was the first of 13 children. His Mormon parents had come to Utah from England in 1856. His parents moved over the mountains to Circleville in 1879 and young Roy, as he was known about the house, worked in ranches across western Utah, including at Hay Springs, near Milford. On one of these early jobs Roy had his first run-in with the law - he let himself into a closed shop, took a pair of jeans, and left a note promising to return later to pay his debt. But things did not go well in Circleville for the Parker family - Roy's dad, Maximilian, lost land to another homesteader in a property rights dispute - and Roy ended up looking to a shady local rancher, Mike Cassidy, in admiration. By 1884, Roy was rustling cattle from Parowan (just over the Markagunt Plateau) and his life on the lam had begun. He soon took on the name Butch Cassidy, perhaps in honor of his childhood hero.

Roy Parker has been called a sort of Robin Hood of the Western frontier, a man who bristled at the notion that large cattle outfits were squeezing the smaller rancher out of business. In the years following 1884, Roy drifted west to Telluride, Colo., stopping along the way in the back of beyond territory known as the Robber's Roost, which is in the rough foothills of the Henry Mountains. He also worked in Green River.

Life as an Outlaw & Telluride

The first major crime attributed to Cassidy is the robbery of the San Miguel Valley Bank in Telluride, on June 24, 1889. He and three cowboys got away with $20,000 by thoroughly casing the joint first. The bandits then made their way over a choice hideout, Brown's Park, along the Green River at the Utah-Wyoming border. They made forays to Green River and Vernal before moving north to Lander, Wyo.

Cassidy was one of the first to break ground on the Outlaw Trail, a meandering ghostlike path that began in Mexico, ran through Utah, and ended in Montana. The unofficial trail linked together a series of hideouts and ranches, like the Carlisle Ranch near Monticello, where ranch owners seemed willing to give jobs to outlaw cowboys. The Carlisle, actually, was close to Robber's Roost, and it was here where Butch camped out for a night or two before and after the Telluride holdup.

After Telluride, Butch's notoriety as an outlaw grew - an outlaw fighting for 'settlers rights, as citizens of the united States of America against the old time cattle baron (sic)' as written in a mysterious manuscript now believed to be Roy Parker's memoir. After the cruel winter of 1886-87, these resentments were ripe. Small cattle operations were crippled by the loss of stock, and larger operations paid a premium for rustled cattle. During this time, Cassidy and his gang established what would become their greatest hideout, the Hole-In-The-Wall, in central Wyoming. After spending a few years in a gloomy prison in Wyoming, Cassidy returned to rustling, this time along the Utah-Arizona border. During this period he began to assemble a sort of elite corps of outlaw cowboys, the Wild Bunch, which included Dick Maxwell, Elzy Lay, and Harry Longabaugh, who was perhaps better known as the Sundance Kid. Later the group was joined by Henry Wilbur 'Bub' Meeks, another Utah Mormon escapee, and George Currie.

Montpelier Bank Robbery

The first robbery credited the Wild Bunch was the August 13, 1896 holdup of a bank in Montpelier, Idaho. This robbery showed the trappings of what would become the Wild Bunch signature holdup: a well-planned attack. The bandits made off with over $7,000, and Cassidy, in part of an elaborate escape attempt, fled to Iowa, then Michigan, where he came face to face with an old foe - a deputy sheriff from western Wyoming who was on the lookout for him. Narrowly escaping (Cassidy even claimed to have shared a hotel room with a sheriff who was hunting for him but apparently never got a good look at him) Cassidy headed south then west again, where he met the gang and planned perhaps their greatest robbery, the $8,800 heist of the Pleasant Valley Coal Company payroll.

In and Out of Utah

Here, in narrow Price Canyon a few miles from Helper, Cassidy and his gang stole the payroll simply by shoving a revolver into the gut of the paymaster, who forked over the loot. Then, using an ingenious scheme, Cassidy and his gang rode hard for several days, employing a series of cached top-quality horses that could ride for hours at high speeds without tiring. The gang split up, and Butch fled to northern Wyoming, where he persuaded a rancher to hire him temporarily.

Castle Gate was the Wild Bunch's one and only major holdup in Utah. After that, the outlaws held up banks and trains in South Dakota, Wyoming, New Mexico and Nevada, and managed to bring home increasingly large sums of money - like an estimated $70,000 for the holdup of a Rio Grande train near Folsom, New Mexico. But by then, the good old days seemed to be over. By this time, the Wild Bunch had an extensive ally of law officers hunting them wherever they went, and Butch had an impressive folio compiled by the Pinkerton National Detective Agency, whose operatives seemed to follow his every move, waiting for a slip-up. The Gang often came back to Utah, either for protection or transportation, and once to ask Gov. Heber Wells in 1900 for amnesty in exchange for the promise to shape up. Abandoning that idea, the group later traveled across the Great Salt Lake Desert en route to Nevada, where they robbed the bank in Winnemucca.

Death in South America?

The heat was on in a serious way, and by 1902 the group had disbanded, and Butch had gone to England, then Argentina, where Butch, Harry Longabaugh and his girlfriend Etta bought a small ranch. All was well until a stock buyer and former Wyoming deputy came through the country, ending the gang's seclusion. From here, Cassidy went back to robbing trains and payrolls up until his supposed death in 1908.

The Legend Lives

After a trip back to Europe, Cassidy returned to the United States, this time with the name William Phillips. Phillips went to Michigan, where he met and fell in love with Gertrude Livesay. The two were married in May, 1908. The happy couple moved to Arizona, where Phillips apparently made a little cash on the side by fighting with Pancho Villa in the Mexican Revolution, then north to Spokane, where he founded the Phillips Manufacturing Company and later worked for Riblet, who made chairlifts and tramways. But things went downhill, and Phillips was close to bankrupt. He embarked on a few desperate trips back to Utah and Wyoming in hopes of finding some buried caches, but he apparently was unsuccessful. He was diagnosed with cancer, and died on July 20, 1937.

The Essence of Butch Cassidy

In a way, Cassidy captured the essence of a land that, in many respects, is still wild. Back in Circleville, his old home is frail and weathered. Back in 1976, in a story for National Geographic, Robert Redford followed the Outlaw Trail. In his story, Redford wrote: 'As technology thrusts us relentlessly into the future, I find myself, perversely, more interested in the past. We seem to have lost something - something vital, something of individuality and passion. That may be why we tend to view the western outlaw, rightly or not, as a romantic figure.'

Maybe. Cassidy had his own reasons, though. He wrote: 'The best way to hurt them is through their pocket book. They will Holler louder than if you cut off both legs. I steal their money just to hear them holler. Then I pass it out among those who really need it.'


The Wild Bunch Showed the Mexican Revolution as it Really Was

A little more than 50 years ago, director Sam Peckinpah was looking forward to making a western, The Diamond Story, with Lee Marvin who was a huge box office star at the time.

Then, Marvin abruptly changed his mind and went off to make the musical western Paint Your Wagon with Clint Eastwood instead.

Peckinpah was left without a project, and that’s when he heard about a script written not by a professional screenwriter but by a movie stuntman, Roy Sickner.

The director sets up the climactic gun battle sequences at “Agua Verde” (the Hacienda Ciénaga del Carmen).

Peckinpah read the script, liked it and set out to make what has been called “one of the great masterpieces of modern cinema.” It also happens to be among the best action movies you’re ever likely to see.

Professionally, Peckinpah wasn’t in a good place in the late 1960s. In 1965, he had completed what he believed was his best film to date, Major Dundee, a story set in Mexico about an obsessed, driven cavalry commander, wonderfully played by Charlton Heston.

Charlton Heston.

The studio took a look at the 160-minute long final cut and disagreed. They didn’t even bother with previews – instead they brutally cut the film before release, removing most of the violence which Peckinpah believed was intrinsic to the story. Peckinpah was actually barred from the editing room during this process and then abruptly fired.

After that, Peckinpah was effectively blacklisted in Hollywood, and he worked in television for a time before Warner studios relented and offered him the opportunity to direct the Lee Marvin western. When that fell through, Peckinpah persuaded them to back a new project based on the screenplay by Roy Sickner. The movie was to be called The Wild Bunch.

Like many movies that had gone before, The Wild Bunch was about a group of outlaws. But that was where the similarities ended.

Mexican Revolution: Northern leaders of the revolt against Díaz pose for a photo after the First Battle of Juárez.

The film was set during the Mexican Revolution, and Peckinpah was determined that it should be as authentic as possible. It was to be filmed on location in Mexico and should reflect the casual brutality of the revolution.

The script included lots of Mexican characters and Peckinpah insisted that these should be played by Mexican actors. That may not seem strange now, but in 1969 it was a radical approach for a Hollywood movie.

When Orson Wells had made A Touch Of Evil just ten years earlier, no-one would countenance the main character, a Mexican policeman, being played by a Mexican actor. So the role was given to Charlton Heston who was provided with laughable “blackface make-up.

Charlton Heston

The other thing that Peckinpah was concerned about was guns. He was a keen shooter and an ex-Marine, so he knew his way around firearms. He was disgusted with the way that guns and shooting were portrayed in the films of the mid-sixties.

Whether it was war films or westerns, all the guns sounded the same, and when someone got shot, they generally just collapsed bloodlessly to the ground or tied a handkerchief round the afflicted part and carried on. Peckinpah wanted the guns and the effects of being shot to look real in this movie. Ele disse:

“We wanted to show violence in real terms. Dying is not fun and games. Movies make it look so detached.”

Mexican Revolution: Northern Revolutionary Gen. Francisco “Pancho” Villa with his staff in 1913.

The Wild Bunch was accused of many things, but never detachment. Stunt arrangers showed Peckinpah squibs,” small capsules of blood which could be exploded to simulate the effect of a gunshot wound to the human body. They detonated several of these on card cut-outs propped against a fence.

Peckinpah wasn’t impressed. He produced a large-caliber handgun and blasted holes in the targets. & # 8220That’s what I want!” he told those nervously watching.

The special effects crew went off and designed bigger squibs, loaded with fake blood and meat and coupled these to a larger explosive charge. They tried that. It was better, but Peckinpah still wasn’t entirely satisfied – the blood, he said, was too red and unrealistic.

Mexican Revolution: Rebel camp.

The blood was darkened, but the director still wasn’t happy – the guns didn’t sound right because they were firing blanks loaded with small charges. The amount of powder in the blanks was increased until Peckinpah finally seemed to be content.

Then the crew prepared the blank ammunition for the actual filming. It amounted to 90,000 rounds in all, which is more ammunition than was expended during the actual Mexican Revolution.

Five Members of the Wild Bunch.

The guns used in this movie were carefully chosen by Peckinpah to be in keeping with the period. It’s set in around 1912/13 and the outlaws, who spend some time disguised as US soldiers, carry the new (at the time) Colt M1911 in addition to revolvers.

However, in some shots it’s obvious that they are using Astra Star Model B pistols, a later Spanish copy of the Colt 1911 which is recognizable by its external extractor and apparently works better with blanks.

There are also Colt Single Action revolvers, Winchester Model 1892s, Springfield M1903A3 rifles, and even a couple of Lugers. All were completely in keeping with the time in which the movie is set.

M1903 Springfield with loading clips. Photo: Curiosandrelics – CC BY-SA 3.0

In fact, there is only one real firearm anachronism in the whole film, and that’s the water-cooled, tripod-mounted machine gun which appears in the final shootout. It’s clearly a Browning M1917 which wasn’t around until several years later.

The outcome of all this care and attention was a film which scandalized and horrified many people when it was released in 1969 – “pure wasted insanity” was the comment of one viewer at an early screening. Cinema-goers just weren’t prepared for this level of violence. The final shootout alone involves more than 100 screen deaths in a little over four minutes.

Mexican Revolution: Uprising soldiers in action. 1913.

But audiences also weren’t prepared for protagonists who were really, deeply unpleasant. The members of the outlaw gang in this film have a Samurai-like code of personal honor, but this applies only to themselves.

Near the beginning of the story, the gang takes hostages, including a woman, during a bank robbery. William Holden tells one of the gang, who is covering the hostages with a shotgun, “If they move, kill ’em!” They move. They are brutally executed.

Peckinpah’s conception of Pike Bishop was strongly influenced by actor William Holden

To audiences of the time, this just wasn’t how cowboys were supposed to behave.

The film isn’t just about violence. There are long stretches when the main characters do little but talk to one another, mainly ruminating on the fact that growing old means that they find themselves in a world in which they have no place, a world in which honor and self-respect seem to have been abandoned.

However, it is the violence which remains in the memory long after the final credits have rolled.

The real Mexican Revolution was a bloody affair. It wasn’t so much a single revolution as a series of coups and counter-coups which ravaged Mexico from 1910-1920 and left up to 2,000,000 people dead.

Mexican Revolution: Insurrectos & their women.

Real violent death is seldom pretty or bloodless, and Peckinpah’s insistence on realism means that The Wild Bunch portrays this as accurately as 1960s special effects allow. We feel for the protagonists, despite some of the evil things that they do, partly because the potential violent death they face looks so painful and unpleasant. Just as it really is.

It wasn’t just moviegoers who were horrified by this film. In 1969, 20 th Century Fox were also planning to release a big-budget movie, but something very different to the gritty realism of The Wild Bunch.

Butch Cassidy and the Sundance Kid was a feel-good western about a pair of men who were, despite being outlaws, all round nice guys.

Butch Cassidy as part of the Wild Bunch at Fort Worth, Texas.

In real life, Butch Cassidy’s outlaw band was called the Wild Bunch. But no-one at 20 th Century Fox wanted to risk audiences making a connection between the wholesome family entertainment of Butch and Sundance and the nastiness of Peckinpah’s movie. So Butch’s gang was hastily re-named the Hole-in-the-Wall gang.

It’s difficult to classify The Wild Bunch. It certainly isn’t a traditional Western, but then it isn’t entirely a war film either. Calling it an action movie probably does it a disservice – it’s much, much more thoughtful, intelligent, and melancholy than the vast majority of action movies.

I suppose that it’s unique, and perhaps that what makes it so significant. The Wild Bunch certainly changed the way that audiences thought about violent on-screen death.

Posse organized to give chase to the Wild Bunch. From left to right: standing, unidentified on horse, George Hiatt, Timothy Keliher, Joe Lefors, H. Davis, S. Funk, Thomas Jefferson Carr.

The sanitized deaths that had been a staple of war movies and westerns up to that point suddenly weren’t satisfying. Most movies which followed began to switch to a more realistic portrayal of violent death.

Even today, there are still arguments about whether this approach ends up glorifying violence or whether portraying it accurately prevents people from acting out violently.

The one thing The Wild Bunch is short on is laughs, but if you look carefully, the title sequence does include one shot that may make you smile.

William Holden.

Peckinpah famously fell out during filming with actor Robert Ryan, who demanded top billing. Ryan was certainly the most experienced actor on set and a former Hollywood leading man, but Peckinpah insisted that top billing went to William Holden and Ernest Borgnine.

In the opening sequence, as the outlaws ride into town, the screen freezes on a shot of William Holden’s face, and his name appears on the screen. Then, it does the same with Ernest Borgnine. Immediately after, the screen freezes on a shot of the rear ends of horses, and Robert Ryan’s name appears on the screen.


Assista o vídeo: Caju pra Baixo 2021. Pout Pourri Ao Vivo . Pagode 2021. Só as top. Rádio Mania 2021ÁUDIO (Junho 2022).


Comentários:

  1. Pierpont

    É a frase simplesmente incomparável

  2. Fassed

    Bravo, sua frase é brilhante

  3. Pittheus

    Há algo também, acho que é a excelente ideia.

  4. Dout

    Certo! Eu acho que é uma ideia muito boa. Eu concordo completamente com você.



Escreve uma mensagem